top of page
  • Foto do escritorCris Jardim

Os 50 anos da Chandon Brasil

Primeira vinícola dedicada exclusivamente a elaboração de espumantes no país, brinda maturidade com qualidade e compromisso sustentável em todo o processo

Com orgulho de há 50 anos ser brasileira, a Chandon celebra meio século de expertise e pioneirismo na elaboração de espumantes brasileiros. Neste período, a vinícola não apenas seguiu inovando, como também ajudou a construir a imagem do espumante brasileiro em todo o mundo. Comprometida com a comunidade, incorporou em sua rotina diária práticas conscientes de sustentabilidade que vão de suas relações com o homem ao meio ambiente. Instalada na Serra Gaúcha, a Casa Chandon Garibaldi, como passa a se chamar neste ano, se prepara para lançar edições limitadas que serão reveladas em outubro, mês de aniversário.

Não foi por acaso que a Chandon se instalou no Brasil, mais precisamente em Garibaldi (RS), em 1973. Naquela época, sua equipe técnica já sabia que este terroir era ideal para cultivar uvas utilizadas para a elaboração de espumantes com qualidade superior. Precursora nesta descoberta, a marca também está à frente quando o assunto é sustentabilidade nos vinhedos, na empresa e nas suas relações pessoais e de trabalho. Com práticas agrícolas responsáveis, a empresa atua na preservação do ecossistema e na manutenção da biodiversidade brasileira, destacando-se, também, pela sua criatividade enológica diante de métodos únicos de assemblage, maturação e elaboração de seus espumantes.

Assim, a Chandon é a primeira vinícola a conquistar o Certificado em Viticultura Sustentável – PIUP – Produção Integrada de Uvas para Processamento, conferido ao vinhedo de Encruzilhada do Sul. Assim, sua capacidade de inovação está intimamente ligada ao desenvolvimento da vitivinicultura nacional. A organização adota práticas sustentáveis como manejo do solo com cobertura vegetal permanente, uso preferencial de adubos orgânicos, preservação da biodiversidade em áreas úmidas e bosques nativos e reciclagem de resíduos. Além disso, também se dedica a projetos de conservação da biodiversidade como o resgate de mudas de Butiá odorata, visando a preservação do ecossistema e uso consciente da palmeira.

“O envolvimento com nossas equipes e comunidades é primordial para nós. Nossa cultura é solidária, aberta e respeitosa, pautada em iniciativas de envolvimento com as comunidades locais e projetos de biodiversidade. Nos esforçamos para sermos o mais sustentável possível. Valorizamos os cuidados com a terra e as pessoas, enfrentando os desafios como oportunidades. Somos inspirados e inspiradores, não ficamos parado. A Chandon tem um olhar corajoso e pioneiro para o mundo e para o futuro, vamos sempre além, seja em lançamentos ou em experiências como a Celebração dos 50 anos no Brasil! “diz Catherine Petit, diretora geral da Chandon Brasil.

Transcendendo o tempo, a Chandon se dedica não apenas à excelência de seus espumantes, mas também a nutrir e fortalecer os laços com a comunidade de viticultores locais. Esses parceiros desempenham um papel fundamental na construção da identidade da marca no passado, no presente e no futuro. Lançamentos marcaram épocas. Entre eles o Chandon Excellence e o Chandon Passion, que surgiram para brindar os 25 anos de Brasil e seguem integrando o portfólio. O Excellence, apresenta a expressão máxima da marca, e o Passion foi especialmente desenvolvido para o paladar dos brasileiros.

Para brindar seus 50 anos no Brasil, a Chandon Brasil aproveita sua presença na Wine South America, que acontece de 12 a 14 de setembro em Bento Gonçalves (RS), para lançar Chandon Excellence Brut safra 2013. Outra iniciativa comemorativa é a reabertura da Casa Chandon Garibaldi com uma sala de degustação com vista para o vinhedo, oferecendo um cardápio de Chandon em taça no terraço, encerrando a experiência na boutique. Em outubro, uma campanha especial com um calendário de comemorações que prevê diversas ações será revelada.

Um pouco de história

A Chandon foi fundada na Argentina em 1959 por Robert-Jean de Vogüé, um pioneiro com visão, coragem e determinação para redefinir a categoria e criar vinhos espumantes excepcionais. De forma colaborativa, com visão global e olhar local, hoje a Chandon mantém vinhedos e elabora espumantes em quatro continentes, com vinhedos na Argentina, Austrália, Brasil, China, Estados Unidos (Califórnia) e Índia. É o maior empreendimento de espumantes do mundo. Em todas unidades, foca num presente sustentável. Sua influência se estende globalmente, sendo uma marca reconhecida mundialmente. É a mais local das marcas globais. Com uma rede colaborativa de 16 enólogos de 7 nacionalidades, que compartilham conhecimentos, percepções e expertise, são enraizados nas comunidades locais. Em 1973, chegou ao Brasil e à Califórnia. A Chandon faz parte da Maison LVMH. A empresa promove novos terroirs, métodos inovadores e uma visão sempre curiosa que felizmente une diversas terras e povos.

CHANDON celebrando um mundo de possibilidades.

Fotos: Divulgação Chandon Brasil

Comments


bottom of page