top of page
  • Foto do escritorCris Jardim

Miolo no Terroir Wine Experience do Castelo Saint Andrews, em Gramado

Rótulos dos quatro terroirs da vinícola harmonizam experiência na premiada adega

A Miolo Wine Group desembarca em Gramado nos meses de novembro e dezembro para participar do Terroir Wine Experience do Castelo Saint Andrews. Nas degustações, que acontecem todas as sextas-feiras na premiada Adega Gourmet, os participantes têm a oportunidade de conhecer na taça quatro rótulos, um de cada terroir onde a Miolo produz, sendo eles: Miolo Cuvée Espumante Nature (Bento Gonçalves - Vale dos Vinhedos), Miolo Wild Trebbiano (Santana do Livramento - Campanha Central), Miolo Single Vineyard Syrah (Casa Nova – Vale do São Francisco) e Miolo Single Vineyard Touriga Nacional (Candiota – Campanha Meridional).

 

Aberta ao público, sem a necessidade de ser hóspede do hotel, a experiência permite aos apreciadores dar um giro pelo Brasil vitivinícola, degustando quatro diferentes terroirs em uma adega pentacampeã pela Wine Spectator, como uma das melhores cartas de vinhos do mundo. Com cerca de 2 mil rótulos, a adega climatizada tem um acervo de raridades do mundo do vinho, o que inspirou o projeto. “Mais do que um evento dedicado ao vinho, o Terroir Wine Experience passou a ser um produto muito atrativo. O projeto se consolidou como uma importante ferramenta de divulgação para as vinícolas do Brasil, um mercado com enorme potencial de crescimento e no qual acreditamos muito”, explica Evandro Segato, sommelier e sócio do Terroir Wine Experience.

 

De taça em taça, a Miolo chega aos 34 anos como a vinícola brasileira com maior presença no mundo, exportando para mais de 30 países de todos os continentes. É o maior exportador de vinhos finos do Brasil. De 30 hectares em 1989, a Miolo cultiva hoje, cerca de 1.000 hectares de vinhedos em quatro terroirs brasileiros: Vale dos Vinhedos (Serra Gaúcha), Seival/Candiota (Campanha Meridional), Almadén/Santana do Livramento (Campanha Central) e Terranova/Casa Nova (Vale do São Francisco), sendo a única empresa do setor genuinamente brasileira com atuação em quatro diferentes regiões produtoras. Durante mais da metade desta trajetória, a Miolo sempre esteve presente brindando o Natal Luz. Aliás, o Miolo Cuvée é o espumante oficial da maior festa natalina do Brasil.

 

Com uma produção anual de cerca de 12 milhões de litros, é a marca que detém o maior portfólio de rótulos verde amarelos, exibindo centenas de prêmios conquistados no mundo inteiro. O pioneirismo na elaboração dos vinhos se estendeu para o enoturismo, onde a marca gera experiência, aproximando e formando novos apreciadores da bebida. Assim é no Vale dos Vinhedos com o Wine Garden Miolo, assim é no Vale do São Francisco com o Vapor do Vinho pelo Velho Chico, onde a Miolo transformou o sertão em vinhedo. Este mesmo espírito empreendedor que fez da pequena vinícola familiar a maior produtora de vinhos finos do Brasil em apenas 34 safras, é que move gerações e aproxima quem sonha de quem quer fazer.

 


Os rótulos selecionados


Miolo Cuvée Espumante Nature - Bento Gonçalves (Vale dos Vinhedos)

Com 18 meses de envelhecimento na garrafa em contato com as leveduras, e o mesmo preço da linha, o Miolo Cuvée Nature não tem dosagem de licor de expedição. Elaborado pelo método tradicional com uvas das variedades Pinot Noir (60%) e Chardonnay (40%) cultivadas no Vale dos Vinhedos, o produto exige em sua cápsula o selo DOVV. Límpido, de coloração amarelo palha e nuances esverdeados, possui coroa elegante e perlage fina, delicada e constante. Seus aromas são delicados e lembram frutas cítricas como abacaxi e melão, mel e destaque para notas de pão torrado. Na boca, alto frescor diante de sua acidez equilibrada. Boa persistência gustativa e retrogosto prolongado. Ideal ser apreciado com uma temperatura entre 6ºC e 8ºC. Excelente com aperitivo, harmoniza muito bem com saladas de folhas – sem vinagre -, carpaccios, ovas de peixes, frutos do mar e bolinhos de bacalhau.

 


Miolo Wild Trebbiano – Santana do Livramento (Campanha Central)

Voltado a um consumidor jovem, que busca um vinho descomplicado, leve, frutado, democrático, ou seja, fácil de beber, o Miolo Wild Trebbiano é um vinho límpido com tonalidade amarelo claro e traços esverdeados. Apresenta fineza aromática com boa complexidade e grande intensidade, destacando descritores como flores brancas, ameixa amarela e um toque mineral. No paladar, é um vinho com acidez refrescante, tem volume de boca e é muito agradável. Ideal ser degustado com temperatura entre 8°C e 10°C. Uma boa dica de harmonização é servi-lo com peixes, pizzas, canapés de molhos coloridos, queijos de massa dura e mole, amigos e uma boa conversa.



Miolo Single Vineyard Syrah (Casa Nova – Vale do São Francisco)

De coloração violácea profunda, este vinho nasce no Vale do São Francisco, trazendo aromas de fruta vermelha madura, complexado com nuances defumadas e de especiarias, principalmente pimenta preta. Boca quente, redonda e de tanino persistente e baixa acidez. Vinho de média a alta estrutura de intensa presença em boca.

 


Miolo Single Vineyard Touriga Nacional – Candiota (Campanha Meridional)

De coloração vermelho-violáceo profunda, este vinho traz aromas típicos da variedade. O floral invade do princípio ao fim do gole. As notas de carvalho aparecem complexas, respeitando a flor da Touriga. É um vinho untuoso, de média a alta estrutura, muito equilibrado, pois traz do nariz à boca, bom volume e acidez refrescante.

 

Imagens: Divulgação Miolo

 

Comments


bottom of page