top of page
  • Foto do escritorCris Jardim

533 amostras foram avaliadas em 4 dias

Etapa envolveu mais de 100 enólogos entre degustação e bastidores. Resultado será divulgado no dia 5 de novembro na retomada do evento presencial, celebrando a 30ª edição da maior degustação de vinhos de uma safra do mundo

Encerrou na sexta-feira, 16, a Degustação de Seleção da 30ª Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2022, a maior degustação de uma safra do mundo. Os 90 enólogos convidados pela Associação Brasileira de Enologia (ABE) se dividiram em 10 grupos que, em oito turnos, degustaram e avaliaram às cegas as 533 amostras inscritas por 70 vinícolas dos estados da Bahia, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. O resultado que apontará os 30% mais representativos da Safra 2022 será conhecido somente no dia 5 de novembro, em Bento Gonçalves, na retomada do evento presencial. Ao todo, serão mais de 1.350 pessoas degustando ao mesmo tempo as 16 amostras selecionadas entre as representativas, sendo 600 no auditório e 750 em casa, que acompanharão a Avaliação através de transmissão simultânea pelo Youtube.



Foram 24 horas de degustação, em quatro dias – de terça a sexta, 13 a 16 -, de um trabalho técnico rigoroso. Cada detalhe foi coordenado e acompanhado de perto por enólogos diretores da ABE, responsáveis pela separação das amostras e controle de temperatura. O presidente da ABE, enólogo André Gasperin, ressalta a forte participação e o perfil técnico dos enólogos que participaram do processo. “A degustação de seleção é a principal etapa da Avaliação. É quando os enólogos, homens e mulheres, colocam toda sua expertise, conhecimento e sensibilidade numa degustação técnica às cegas que tem o compromisso de apresentar a representatividade da Safra”. Gasperin também destaca as inovações da edição, realizando uma Avaliação Nacional de Vinhos para um novo Brasil vitivinícola. Assim tem sido ao longo desses 30 anos, sempre acompanhando as tendências e movimentos do setor. Este ano, o evento passou a aceitar inscrições de amostras com colheita após junho de 2021 para vinícolas que estão fora da Região Sul e que têm em suas práticas a dupla poda ou colheita de inverno.

A 30ª Avaliação Nacional de Vinhos também será marcada pelo lançamento de uma obra que vem sendo escrita pelo jornalista Irineu Guarnier Filho. O livro contará a história do evento que se tornou a maior degustação de vinhos de uma safra do mundo, consolidado como o principal e maior momento do vinho brasileiro. Os ingressos foram vendidos em menos de um dia, mas o evento poderá ser acompanhado pelo Youtube no dia 5 de novembro, quando serão conhecidos os 30% mais representativos da Safra 2022 e as 16 amostras selecionadas neste grupo.


ENÓLOGOS DEGUSTADORES


Fotos: divulgação



Comments


bottom of page