top of page
  • Foto do escritorCris Jardim

Gamificação no mundo do vinho: Wine lança "Wine Games" em loja física

A unidade de Belo Horizonte é a primeira a receber a novidade, mas nos próximos meses todas as 16 unidades da marca contarão com os jogos que prometem fomentar conteúdo e conhecimento, através de entretenimento

Crédito: Carlos Reis - Agência Grid

A Wine, maior clube de assinatura de vinhos do mundo e líder no ranking de importação no Brasil, anuncia o lançamento do "Wine Games" em suas lojas físicas. Com o intuito de proporcionar uma abordagem divertida, interessante e dinâmica ao universo do vinho, o Wine Games traz a gamificação para as lojas da Wine, oferecendo experiências gustativas de entretenimento. A Wine Belo Horizonte é a primeira a disponibilizar a novidade, mas nos próximos meses todas as 16 unidades da marca contarão com os jogos.


Cada experiência do Wine Games será customizada, buscando proporcionar entretenimento de forma leve tanto para os sócios do Clube Wine como para os consumidores apaixonados por vinho. É uma maneira descontraída de levar conteúdo sobre o universo vitivinícola. “A gamificação permite que o mundo do vinho seja mais inovador e disruptivo, uma forma de tornar mais acessível não só a garrafa, mas também o conteúdo, e por fim, instigar a curiosidade”, conta Cibele Siqueira, Sommelière da Wine e idealizadora do projeto.


Conexão

Rompendo com o tradicional, o Wine Games oferece uma experiência divertida e interativa, em que os participantes têm a oportunidade de testar seus conhecimentos sobre vinhos em um ambiente descontraído e, ao mesmo tempo, competitivo. Os jogos proporcionam não apenas aprendizado, mas também momentos saborosos, em que os amantes da bebida se conectam entre uma brincadeira – e uma taça – e outra.


Um dos jogos mais interessantes é o “Wine às Cegas”, no qual os participantes são vendados e desafiados a identificar aspectos e particularidades de rótulos selecionados. O game traz suspense e emoção ao propor que o jogador decifre cada sabor e aroma sem poder ver a garrafa. A brincadeira também pode ser feita sem as vendas.


Há ainda outras opções de jogos que permitem explorar o mundo dos vinhos de maneiras diferentes. Em “Que Wine sou eu?”, os participantes têm a oportunidade de adivinhar três rótulos com base em dicas, desafiando sua capacidade de identificar características específicas. O jogo promove uma atmosfera animada, em que até 10 pessoas ou dois times de cinco jogadores podem interagir e desfrutar de uma degustação guiada a cada vinho revelado.


Se o jogador preferir uma experiência mais ampla, o “Wine Bingo” é a melhor pedida. Com até 15 jogadores, neste jogo é oferecida a chance de se completar uma quina (5 palavras em sequência vertical ou horizontal) e uma cartela completa com 24 palavras relacionadas ao vinho. Durante o jogo de 60 minutos, uma seleção cuidadosamente escolhida de vinhos será servida para degustação, tornando a experiência ainda mais imersiva.


Para aqueles que apreciam um desafio de memória, o “Wine Match” é uma opção intrigante. Em 45 minutos, os jogadores interagem em um jogo da memória, buscando encontrar o maior número de pares de cartas de vinho. A descoberta do primeiro par desbloqueia uma degustação de três rótulos, tornando o jogo ainda mais gostoso.

"Pensamos no Wine Games para criar uma experiência única e envolvente, conectando pessoas através da paixão pelo vinho", destaca Cibele. "Imagine uma mesa com oito pessoas que não se conhecem, mas compartilham uma paixão em comum. Quando o jogo começa, a degustação ganha vida, as pessoas se envolvem e novas amizades são formadas. Essa é a essência."


Desafio Wine

O Wine Games vem na esteira do Desafio Wine, experiência disponível no aplicativo da marca e onde os usuários que acessam têm a oportunidade de aprofundar seus conhecimentos sobre o mundo do vinho respondendo perguntas de diferentes níveis de dificuldade. A cada três perguntas acertadas é gerado um cashback de R$1 por dia que vai acumulando e ao final do mês os pontos e valores podem ser usados como desconto no carrinho de compras no app.


O Desafio Wine, que começou tímido, hoje conta com um banco de dados com mais de 1.100 perguntas e respostas, todas elaboradas pela equipe de Sommeliers da Wine. A cada mês, são desenvolvidas cerca de 100 novas questões para trazer ao Desafio Wine assuntos mais atualizados e desafiadores.


Mudança de comportamento

A estratégia da Wine ao trazer a gamificação e conteúdo sobre vinhos para o dia a dia das pessoas está alinhada com as mudanças sociais, comportamentais e de consumo promovidas pela interatividade das redes sociais. “Antes, o perfil do consumidor de vinho era aquele que esperava uma ocasião especial ou fazia harmonizações elaboradas. Hoje, o vinho é incorporado ao cotidiano das pessoas, que desfrutam de uma taça no almoço ou a harmoniza com pipoca durante uma maratona de séries”, conta Cibele.

Além disso, vale destacar que o comportamento do consumidor brasileiro de vinhos passou por mudanças significativas. Somente no primeiro semestre de 2022, as vendas nas lojas físicas da Wine quase dobraram em comparação com o mesmo período de 2021.

Sobre a Wine

A Wine foi fundada em 2008. A empresa, que já nasceu online há 14 anos, ousou investir em vinho no país da cerveja e, hoje, é o maior clube de assinatura de vinhos do mundo e líder no ranking de importação do Brasil. Com a missão de conectar pessoas por meio da paixão pelo vinho, a Wine está presente também no México, com o clube “Vino como quieras”. Além do Clube Wine, do e-commerce www.wine.com.br e do app Wine Vinhos, disponível para download na AppStore e Google Play, a empresa possui atualmente 16 lojas físicas no Brasil: três unidades na capital paulista, duas no Rio de Janeiro e outras 11 em Ribeirão Preto, Barueri (Alphaville), Campinas, Natal, Fortaleza, Goiânia, Recife, Belo Horizonte, Curitiba, Vitória e Porto Alegre. Com a aquisição da Cantu Importadora, em 2021, a Wine se consolida como um player de peso no canal B2B que engloba off-trade (hipermercados, supermercados, minimercados, hortifrutis e mercearias) e on-trade (bares, restaurantes, casas noturnas, clubes e hotéis) e segue no caminho da omnicanalidade.


Foto: divulgação

Comments


bottom of page