• Cris Jardim

Dicas de como aliar vinhos a gastronomia

Dicas simples para combinar vinhos com comidas deliciosas.

O vinho já é, por si só, uma deliciosa companhia. Mas quando ele é harmonizado corretamente com comidas, a bebida fica ainda mais saborosa.


De regra geral, alguns truques que pode ser adotados na hora do serviço.


Vinho Branco

1. Sirva primeiro os leves e cítricos

2. Siga para os de corpo médio

3. Leve os grandes brancos à mesa

4. Termine com os doces


Vinho Tinto

1. Inicie com os leves e frutados

2. Sirva os jovens com elevada intensidade de aromas em seguida

3. Dê sequência com os estruturados

4. Finalize com os tintos de sobremesa


Vamos as dicas de vinhos com comidas:


Espumante

O Espumante é a bebida ideal para acompanhar saladas, queijos macios e duros e peixes. Além disso, a bebida também harmoniza muito bem com morangos e chocolates.


Vinho Rosé

O Vinho Rosé harmoniza muito bem com tábuas de frios, aperitivos fritos, como batatas bravas, pizzas e queijos de cascas brancas, como brie, gouda e de cabra.


Vinho branco seco

O vinho branco seco é a aposta certa para servir com vegetais cozidos ou assados, peixes e risotos.


Vinho branco suave

O vinho branco suave é a escolha perfeita para apreciar junto com queijos moles e saladinhas. Aqui, vale a regra do alimento fresco: quanto mais fresco, mais combina com a bebida. Por exemplo, Pinot Grigio é uma excelente aposta para aquele jantar japonês.


Vinho tinto seco

O vinho tinto seco, no geral, harmoniza muito bem com carnes. Mas vale apostar numa melhor combinação seguindo às uvas utilizadas no preparo da bebida. O Pinot Noir é uma ótima aposta para filés. Já o contra-filé combina melhor com Cabernet. Merlot combina bem com carnes brancas.


Vinho tinto suave

Bebidas mais suaves combinam mais com comidas mais gordurosas. Por isso, o vinho tinto suave é um ótimo companheiro de embutidos como presunto de parma, salames e queijos amarelos.


Xerez

O xerez é um tipo de vinho fortificado, licoroso, típico da Espanha, envelhecido no sistema de soleira. Por ser mais forte, doce e encorpado, esta é a escolha ideal para sobremesas, principalmente chocolates.


Moscatel

O Moscatel é um típico vinho de Portugal. Quando bem gelado, serve como aperitivo. Mas também é usado para acompanhar sobremesas, principalmente as preparadas com frutas frescas.


Fontes:

Revista Adega e Guia da semana

Fotos:

Registros da turma do vinho.