top of page
  • Foto do escritorCris Jardim

Champagne Maxim’s: o glamour de Paris

Chega ao Brasil a bebida da lendária Casa Maxim’s

Os brasileiros já podem experimentar a tradução da elegância em uma taça de champagne! A importadora Porto a Porto trouxe ao país o Champanhe Maxim’s Brut Prestige, um exemplar elaborado com as uvas Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier, de aromas de flores e frutas brancas com notas cítricas.


Com tradição de mais de um século, a Casa Maxim’s, que hoje pertence aos herdeiros do estilista Pierre Cardin, é um cartão-postal parisiense. Além do restaurante, possui uma delicatéssen com produtos gourmet de altíssima qualidade, da qual o Champagne Maxim’s Brut Prestige é um dos destaques.


Era 1893 quando um jovem garçom, Maxime Gaillard, decidiu abrir um pequeno bistrô na 3 Rue Royale, em Paris. Poderia ter sido um lugar como outros, porém a atriz Irma de Montigny, famosa na época, resolveu ajudar na divulgação e levou para lá a nata intelectual de Paris. Os anos passaram e o estabelecimento começou a ser administrado por Eugène Cornuché – e, a partir daí, virou uma lenda.


Cornuché transformou o ambiente em uma obra-prima da art nouveau com teto, mesas, bancos e espelhos que conservam, há mais de cem anos, o esplendor do século XIX e fazem da casa um verdadeiro museu. Os anos 1950 marcam o período mais próspero, quando era frequentado por Jackie Onassis, Maria Callas e Cary Grant, por exemplo. Nos anos 1970, a atriz Brigitte Bardot causou escândalo ao ir descalça ao restaurante. Outros habitués daqueles anos foram John Travolta, Jeanne Moreau, Barbara Streisand e Pierre Cardin, entre muitos outros.


Em 1981, o estilista Pierre Cardin (falecido em 2020) comprou o local, tornando-o ainda mais badalado. O endereço faz parte da cultura local francesa e já virou palco de diversas lendas urbanas, sendo retratado em filmes, séries e livros. O diretor Woody Allen, frequentador assíduo, usou o espaço como cenário para seu filme “Meia-Noite em Paris”.


Eu já quero a minha. E vocês???


Fotos: divulgação

Comments


bottom of page