top of page
  • Foto do escritorCris Jardim

Cantu destaca mulheres relevantes no mundo do vinho em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Durante o mês de março, a importadora vai divulgar uma série com histórias de mulheres incríveis, começando com Susana Balbo, a primeira mulher produtora de vinhos na Argentina e que acumula diversos prêmios em quase 40 anos de carreira

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8 de março, a Cantu, maior importadora de vinhos do Brasil, escolheu cinco nomes femininos, entre tantos outros, que se destacam no mundo do vinho em seu portfólio. As homenagens serão feitas ao longo do mês e para começar essa série com histórias de mulheres incríveis que inspiram com seu trabalho e paixão pelo vinho, vamos falar da premiada Susana Balbo, o nome mais famoso e renomado na indústria do vinho na Argentina.


Com quase 40 anos de experiência, Susana foi a primeira mulher produtora de vinhos na Argentina, pioneira na exportação de vinhos argentinos e embaixadora da viticultura no mundo. Uma figura que se tornou símbolo nesta indústria e acumula no currículo o fato de ser fundadora do Fórum Internacional da Mulher, uma ONG que visa identificar mulheres líderes emergentes que querem se tornar visíveis no mercado.


A vinícola Susana Balbo Wines é conhecida por suas instalações modernas, com uma estrutura de enoturismo com grande hospitalidade, além de se preocupar com a sustentabilidade e projetos sociais.


Ingressar no mundo do vinho não foi fácil para Susana, que, inicialmente, tinha o sonho de estudar física nuclear, mas se formou em enologia, em 1981, tornando-se a primeira mulher nesse universo. Ela precisou de muita coragem e determinação para conseguir um emprego em Mendoza. Foi quando decidiu se mudar para uma pequena cidade no norte da Argentina, Calafayate, e gerenciou a vinícola Sucessão Michel Torino onde sua história no vinho começou pra valer. Ali transformou o conceito de qualidade dos vinhos de mesa locais, sobretudo o Torrontés, que hoje é considerada a variedade mais emblemática do vinho branco no país. Esse trabalho dedicado de Susana fez com que ela ficasse conhecida como “A rainha de Torron-chás”, e a partir disso essas tornaram-se verdadeiras referências da casta.


Depois de nove anos, Susana retornou para Mendoza e continuou se destacando por desenvolver vinhos únicos. Foi reunindo diversas premiações, como em 2008, que foi escolhida pela BeM Management Escola de Bordeaux como mentora para o programa de MBA em vinhos. Em 2012, foi a única argentina a ser reconhecida pela revista britânica The Drinks Business como uma das “50 mulheres mais poderosas do mundo do vinho”. Em 2015, esta mesma revista distinguiu-a como a "Mulher do ano". Além disso, o renomado jornalista britânico e mestre do vinho, Tim Atkin, a reconheceu como "Lenda da Enologia", em 2020, enquanto que, em 2022, recebeu o International Wine Challenge (IWC) Lifetime Achievement Award devido à sua vasta trajetória e contribuições para a indústria do vinho.


Ano passado, Susana ingressou para o mundo do enoturismo ao lado de sua filha Ana, para oferecer um hotel de luxo e bem-estar, o Susana Balbo Unique Stays, um hotel boutique criado sob a ótica de "guest house" da enóloga. O hotel tem o conceito de oferecer diferentes experiências aos hóspedes, como propostas inovadoras de "safáris voos", que permite visitar vários pontos emblemáticos da Argentina, como Cafayate, Patagônia ou Esteros del Iberá.


Agora, vamos para a melhor parte. Vamos falar dos vinhos produzidos pela Susana Balbo. Entre os destaque que já é um queridinho dos brasileiros está a linha Crios, nome dado em homenagem aos filhos de Susana, José e Ana. Os rótulos da linha Crios são representados por três mãos sobrepostas que simbolizam duas coisas: as mãos de Susana e dos seus dois filhos, fazendo referência ao poder das mãos que os elaboram. Para quem gosta de quebrar regras, o Crios Chardonnay, super equilibrado, com bom corpo e acidez, é uma ótima opção. O Crios Torrontés também é indicado para quem gosta de emoção. “Criei a linha Crios em homenagem aos meus filhos, José e Ana, que trabalham comigo na adega da família. Juntos, fazemos vinhos para serem apreciados ao longo das gerações e que representam os valores que procuramos transmitir aos nossos entes queridos. Para nós, Crios Torrontés é um lembrete de que quebrar regras e preconceitos às vezes pode ter sua recompensa, como transformar um blend na emblemática variedade branca da Argentina", conta Susana.


Também vale destacar a Susana Balbo Signature, também criada ao lado dos filhos, e uma linha premium da marca. O Susana Balbo Signature Rosé, um dos mais pontuados rosés da Argentina, é extremamente delicado, ao estilo “a la Provence”.

Sobre a Cantu Importadora

Conhecida como a maior importadora de vinhos do Brasil, a Cantu possui 18 anos de operação B2B e presença nacional em mais de 15 mil pontos de venda, com mais de 400 rótulos de vinhos renomados em seu portfólio. Seu propósito é trazer para o país grandes marcas de expressão mundial. Na gama de produtos, são mais de 50 produtores de 14 países. Apresenta valores e uma filosofia que permite à empresa trazer rótulos de vinhos de extrema qualidade, contando com sólida estrutura logística e capacidade operacional para atender todo o território nacional. A viabilidade da empresa estabeleceu-se através de fortes parcerias, firmadas com grandes vinícolas do mundo. Mais informações em https://institucional.cantuimportadora.com.br/.


Foto: divulgação


Comentários


bottom of page