top of page
  • Foto do escritorCris Jardim

Vinícola Aurora estimula prevenção do câncer de pele com Dezembro Laranja

Cooperativa distribuirá às famílias associadas protetores solares, compartilhará informativos sobre o assunto e abordará o tema em reuniões com os produtores rurais. Objetivo é reduzir os riscos da exposição prolongada aos raios ultravioletas nas quatro estações do ano


Três em cada 10 brasileiros que são diagnosticados com tumores malignos sofrem com o tipo da doença mais frequente no país: o câncer pele. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), são registrados cerca de 180 mil novos casos por ano. Para chamar a atenção da população quanto aos cuidados e os riscos para a doença, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) promove a campanha nacional Dezembro Laranja.


Fazendo coro às iniciativas de prevenção, a gaúcha Vinícola Aurora também realiza durante o mês ações de conscientização com as 1,1 mil famílias produtoras cooperadas. Junto ao kit de final de ano, a empresa distribuirá protetores solares para incentivar o uso durante as quatro estações e não apenas na safra de uvas, que começa agora em dezembro e se estende até o início de março.


Além da entrega, a maior cooperativa vinícola do Brasil também abordará o assunto nas reuniões que serão realizadas nos 20 núcleos produtores espalhados pela Serra Gaúcha e compartilhará informativos e cards de conscientização por aplicativo de mensagem.


Para prevenir o melanoma e outros tumores cutâneos, a SBD recomenda que se evite a exposição excessiva ao sol e proteja a pele dos efeitos da radiação UV. De acordo com a sociedade médica, as pessoas de todos os fototipos devem estar atentas, sendo os grupos dos fototipos I e II os de maior risco, ou seja, indivíduos de pele clara, com sardas, cabelos claros ou ruivos e olhos claros.


Pessoas que possuem antecedentes familiares com histórico de câncer de pele, queimaduras solares, incapacidade para se bronzear e muitas pintas também devem ter atenção e cuidados redobrados.


“O Dezembro Laranja coincide com o início da colheita da uva na nossa região e é mais uma motivo para abordarmos os cuidados com câncer de pele junto aos viticultores cooperados. Por estarmos mais expostos à radiação solar, precisamos redobrar nossos cuidados, usando protetor solar, cobrindo as áreas do corpo com mangas e calças compridas, usando chapéu de abas largas e até mesmo óculos escuros com proteção UVA e UVB”, frisa o presidente do Conselho de Administração da Vinícola Aurora, o viticultor Renê Tonello.


Prevenções nos 12 meses

Além do Dezembro Laranja, a empresa é engajada em todas as campanhas de saúde, promovendo inciativas ao longo do ano com as famílias associadas e também com os mais de 500 funcionários. Nos dois últimos meses, a Aurora abraçou o Outubro Rosa, em alusão ao câncer de mama, e o Novembro Azul, no combate ao câncer de próstata.


“No Outubro Rosa realizamos, em parceria com a Liga de Combate ao Câncer de Bento Gonçalves, duas palestras com o tema ‘Mulher que se ama, se cuida’ e disponibilizamos gratuitamente o exame citopatológico e mamografia para as funcionárias. Durante o Novembro Azul também promovemos uma palestra sobre o câncer de próstata”, exemplifica Christiane Sleiffer, supervisora de Desenvolvimento Humano e Organizacional da Vinícola Aurora.


Medidas para prevenir o câncer de pele* - Usar chapéus, camisetas, óculos escuros e protetores solares. - Cobrir as áreas expostas com roupas apropriadas, como uma camisa de manga comprida, calças e um chapéu de abas largas. - Evitar a exposição solar e permanecer na sombra no período entre as 10h e as 16h. - Na praia ou na piscina, usar barracas feitas de algodão ou lona, que absorvem 50% da radiação ultravioleta. As barracas de nylon formam uma barreira pouco confiável: 95% dos raios UV ultrapassam o material. - Usar filtros solares diariamente, e não somente em horários de lazer ou de diversão. Ele deve ser usado mesmo quando o dia estiver frio ou nublado. Utilizar um produto que proteja contra radiação UVA e UVB e tenha um fator de proteção solar (FPS) 30, no mínimo. O produto deve ser aplicado ainda em casa, e reaplicado ao longo do dia a cada 2 horas, ou menos, se houver muita transpiração ou exposição solar prolongada. - Observar regularmente a própria pele à procura de pintas ou manchas suspeitas. - Manter bebês e crianças protegidos do sol. Filtros solares podem ser usados a partir dos seis meses. - Consultar um dermatologista uma vez ao ano, no mínimo, para um exame completo.

*Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD)


FOTOS Legenda: Mais de mil famílias cooperadas à Vinícola Aurora receberão informações sobre o câncer de pele e ganharão filtros solares da empresa. Crédito: Zéto Telöken

Comments


bottom of page