top of page
  • Foto do escritorCris Jardim

Orfeu Azeites Especiais conquista certificação pela Rainforest Alliance e acumula prêmios internacio

Variedade Blend da Safra conquistou, até o momento, mais de dez medalhas em concursos no Brasil e exterior


Orfeu Azeites Especiais adquiriu a certificação pela Rainforest Alliance, sob orientação e auditoria do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora). É o primeiro azeite do Brasil e do mundo a receber essa patente, que tem como princípios quatro pilares: sistema eficaz de planejamento e gestão, biodiversidade, conservação de recursos naturais e melhores meios de vida e bem-estar humano. Além disso, nesse ano, segue na conquista de premiações pelo mundo com a safra de 2023.






Cultivados e produzidos na Fazenda Rainha, no sul de Minas Gerais, os azeites da marca já receberam onze medalhas de ouro com a variedade Blend da Safra, nas disputas de Esao - Escuela Superior del Azeite del Oliva (Valência, Espanha), Scandinavian IOOC (Oslo, Noruega), EIOOC (Europa), Anatolian (Turquia), Athenas IOOC (Grécia), Berlin IOOC (Alemanha), SIOOC (Islândia e Escandinávia), AAIOOC (Tunísia), USIOOC (EUA), Terra Oliva (Israel) e Oil China Competition (China). Já pelo MIOOA (Milão, Itália), Canadá IOOC (Toronto, Canadá), e London IOOC (Inglaterra), conquistou a taça de platina e foi considerado o melhor azeite do Brasil.


Orfeu Azeites Especiais


A fabricação dos Azeites Especiais Orfeu teve início no ano de 2014, com a inauguração do Lagar e estudos dos métodos ideais para criação de um produto com impecabilidade. Apenas quatro anos depois, em 2018, as primeiras amostras foram enviadas para concursos e, desde então, a marca passou a acumular prêmios internacionais que contemplam todos os continentes do mundo. Já são mais de 60 até aqui e o número tende a aumentar consideravelmente com a safra de 2023.


Cultivado e produzido na Fazenda Rainha, no sul de Minas Gerais, elaborado com as variedades Koroneiki, Arbequina, Coratina, Grappolo e Picual, o Blend da Safra 2023 surpreende por ser um azeite extravirgem de coloração verde-escura, de picância e amargor elevado, saboroso e enriquecedor ao paladar. Alexandre Marchetti, engenheiro agrônomo de Orfeu, destaca os principais fatores que geram o surpreendente resultado em produto: “Cultivamos as oliveiras nas mesmas terras vulcânicas e com o mesmo zelo dos cafés de Orfeu. O resultado desses prêmios é fruto da combinação de um terroir singular, tecnologia e do trabalho minucioso de pessoas apaixonadas pelo que fazem”.

Sobre Orfeu Cafés Especiais


Marca criada em 2005, Orfeu Cafés Especiais carrega com louvor a colocação de café brasileiro mais premiado no mundo. Tal excelência é fruto de um trabalho minucioso que acontece desde a seleção das sementes até chegar à xícara de seus apreciadores. O plantio do café tem como origem diferentes terroirs e é cultivado majoritariamente no alto das montanhas do sul de Minas Gerais, na icônica fazenda Sertãozinho, que faz parte do complexo de Orfeu, sendo a maior detentora das lavouras, além de guardiã de um Jequitibá de 1.500 anos. Em 2022, Orfeu expandiu e, por meio do Plano de Certificação, passou a viabilizar o fornecimento de café advindo de outros cafeicultores, por conta do aumento de consumo de cafés especiais no Brasil e, consequentemente, crescimento da marca.


Orfeu cuida de todo processo de produção: plantio, colheita, torra e embalagens — manuseado pelos dedicados e gabaritados funcionários da empresa. Entre estes, em constante especialização e evolução, estão dez Q-Graders, especialistas internacionais de café. Em seu portfólio padrão, fazem parte os Blends Intenso, Clássico, Bourbon Amarelo, Orgânico, Descafeinado e os lançamentos pontuais de Microlotes.


De sabores únicos e frescor inigualável, Orfeu conta ainda com um produto no mesmo nível e trato como seus cafés. Depois de quase dez anos da primeira oliveira, a marca lançou em 2020 seus azeites especiais. As oliveiras plantadas a mais de 1.300 metros de altitude na Fazenda Rainha são cultivadas em terroir privilegiado, de solo vulcânico e que proporcionam em cada cuidadosa extração a qualidade máxima. Azeites Especiais Orfeu são elaborados em lagar próprio (oficina de produção de azeites) nas versões de Koroneiki, Coratina, Arbosana, Arbequina, Blend da Safra e lançamentos pontuais de Microlotes. Mesmo com apenas dois anos no mercado, os Azeites Especiais Orfeu já foram premiados pelos mais respeitados concursos do mundo.

Sobre o Imaflora

O Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola – Imaflora – é uma associação civil sem fins lucrativos, criada em 1995, que nasceu sob a premissa de que a melhor forma de conservar as florestas tropicais é dar a elas uma destinação econômica, associada a boas práticas de manejo e a uma gestão responsável dos recursos naturais. O Imaflora acredita que a certificação socioambiental é uma das ferramentas que respondem a parte desse desafio, com forte poder indutor do desenvolvimento local, sustentável, nos setores florestal e agrícola. Dessa maneira, o Instituto busca influenciar as cadeias produtivas dos produtos de origem florestal e agrícola; colaborar para a elaboração e implementação de políticas de interesse público e, finalmente, fazer, de fato, a diferença nas regiões em que atua, criando ali modelos de uso da terra e de desenvolvimento sustentável que possam ser reproduzidos em outros municípios, regiões ou biomas do País.

Mais informações: https://www.imaflora.org/


Fotos: divulgação

Commenti


bottom of page