top of page
  • Foto do escritorCris Jardim

Insólito Extra Brut Corte III, o novo espumante da Tenuta Foppa & Ambrosi

Espumante é elaborado com as uvas Chenin Blanc, Welschriesling e Trebbiano, cultivadas na Serra Gaúcha


Inspirados em suas experiências internacionais, os enólogos Lucas Foppa e Ricardo Ambrosi desenvolveram um jeito próprio que norteia a elaboração de cada um dos vinhos e espumantes da Tenuta Foppa & Ambrosi. É o que eles deram o nome de ‘estilo gaúcho’, valorizando as castas que são cultivadas em diversos terroirs do estado. Brindando o Novo Ano que está por vir, os ‘guris’ acabam de lançar o Insólito Extra Brut Corte III, explorando a Serra Gaúcha além da Chardonnay e da Pinot Noir. Desta vez, eles fizeram um corte de três vinhos: CHenin Blanc, Welschriesling e Trebbiano. O novo espumante já está disponível no mercado, podendo ser adquirido pelo site www.tenutafa.com.br, além dos principais restaurantes e casas especializadas do país.

 

“Admiramos estas uvas e acreditamos muito em suas características e no potencial delas na elaboração de um grande espumante. Esta é forma que encontramos de explorar e valorizar o que é produzido na Serra Gaúcha. O resultado é um espumante diferente dos demais. Assim, evitamos comparações, oferecendo algo diferente”, destaca Foppa.

 

Com 24 meses de autólise, o Insólito Extra Brut Corte III tem seu degorgement feito parcialmente. Com 12% de álcool e 5,5 g/L de açúcar, harmoniza muito bem com queijos maturados, charcutaria, pratos estruturados à base de peixes e frutos do mar, além de aves. Com visual palha e reflexos dourados, este espumante traz aromas de frutas cítricas tropicais maduras, frutas amarelas, amêndoas e torrefação. No paladar, acidez marcante e equilibrada com o corpo garantido pelos meses de autólise.

 

O Insólito Extra Brut Corte II saiu na Decanter Magazine, (Reino Unido), na edição dos melhores vinhos da América Latina, como um dos três rótulos brasileiros indicados para os amantes da bebida no mundo.

 

A VINÍCOLA

Em apenas seis anos, a Tenuta Foppa & Ambrosi saiu do porão de casa e saltou de 300 para 80 mil garrafas, com matriz em Garibaldi (RS), filial na Califórnia (EUA) e distribuição própria em São Paulo. Com um conceito de descentralização de terroir, a vinícola compra toda uva usada nos seus vinhos de viticultores gaúchos instalados em cidades da Serra Gaúcha, Serra do Sudeste e Campanha Gaúcha, com destaque para Bento Gonçalves, Garibaldi, Guaporé, Monte Belo do Sul, Pinheiro Machado, Pinto Bandeira e Quaraí. Hoje, a empresa mantém parcerias colaborativas para o maquinário que viabilizam todo processo.

 

Quem visita a Foppa & Ambrosi encontra um ambiente propício à cultura do vinho, com visitação e espaço para degustações e experiências enogastronômicas, podendo agendar almoços e jantares assinados pelo chef e sommelier mineiro Luan Damiani. A proposta é valorizar a brasilidade nos seus aromas e sabores. Vinhos e espumantes é o que não faltam para tornar cada vivência memorável. São cinco espumantes, 19 vinhos tintos, seis brancos e um rosé, todos em pequenos lotes. O maior – Insólito Corte 5 - tem apenas 5.440 garrafas.


Foto: divulgação

 

Comments


bottom of page