top of page
  • Foto do escritorCris Jardim

‘Encontros Radiantes’para brindar o verão

Atualizada e aberta para a vida, Miolo brinda a estação mais quente do ano com uma imagem que transforma todo momento em uma grande celebração

A Miolo Wine Group está despertando ‘Encontros Radiantes’. Contagiante, o novo momento da marca provoca o desejo de curtir a estação com toda exclusividade e elegância que a marca oferece, no entanto sem a formalidade que é de praxe. Espumantes e vinhos leves e descontraídos como o verão, elaborados com uvas cultivadas nos terroirs do Vale dos Vinhedos, Campanha Gaúcha e Vale do São Francisco, ganharam status na ação, unindo a expertise do fazer com a contemporaneidade de inovar que são inerentes à Miolo.



O calor dá o tom da estação, que traz modernidade sem perder a sofisticação. Grafismos compõem o conjunto numa fusão de nuances e formas que fazem de cada rótulo um objeto de desejo. O resultado é uma legião de fãs que buscam brindes e encontros mais radiantes e democráticos. A aposta é na refrescância e na leveza, na luz e no brilho, no descontraído, porém elegante. Entre os rótulos, destaque para a linha de espumantes Miolo Cuvée, que colocam na taça todo equilíbrio entre açúcar e acidez que as uvas cultivadas no Vale dos Vinhedos proporcionam, expressando a vocação deste terroir para este tipo de produto. Este é o espumante brasileiro mais vendido em Paris, na França, além de ser a bebida oficial do Natal Luz de há quase 20 anos. Miolo Cuvée foi o primeiro espumante lançado pela vinícola, ainda em 1995. O trio - Miolo Cuvée Nature, Miolo Cuvée Brut, Miolo Cuvée Brut Rosé – exibe o selo de Denominação de Origem Vale dos Vinhedos (DOVV).




Outra opção com excelente custo-benefício são os espumantes Miolo Seival Brut e Miolo Seival Brut Rosé, ambos com Indicação de Procedência (IP) Campanha Gaúcha. Para quem prefere vinhos, a dica é o Miolo Seleção Chardonnay/Viognier, o ‘queridinho’ dos brasileiros.


Presente na mesa de consumidores em mais de 30 países, a Miolo é o maior exportador de vinhos finos do Brasil. De 30 hectares em 1989, a empresa cultiva hoje, cerca de 1.000 hectares de vinhedos em quatro terroirs brasileiros: Vale dos Vinhedos (Serra Gaúcha), Seival/Candiota (Campanha Meridional), Almadén/Santana do Livramento (Campanha Central) e Terranova/Casa Nova (Vale do São Francisco), sendo a única empresa do setor genuinamente brasileira com atuação em quatro diferentes regiões produtoras. Com uma produção anual de cerca de 12 milhões de litros, é a marca que detém o maior portfólio de rótulos verde amarelos – quase 130 -, exibindo centenas de prêmios conquistados no mundo inteiro. A produção é 100% vegana.

 

Fotos: Divulgação Miolo

 

Comentários


bottom of page