top of page
  • Foto do escritorCris Jardim

Courmayeur lança echarpes temáticas

Vinícola do Vale dos Vinhedos vai além dos tradicionais acessórios e inova com presentes femininos que acompanham vinhos e espumantes em três estampas

Uma garrafa de vinho ou de espumante elaborado no Vale dos Vinhedos é sempre um belo presente em qualquer data do ano. É comum, para quem deseja fazer uma surpresa, escolher um rótulo genuinamente brasileiro e completar o mimo com uma taça, um sacarrolhas ou uma tampa de espumante, por exemplo. São acessórios sempre bem vindos. Mas a proposta da feminina Courmayeur é ir além, saindo do convencional. A vinícola acaba de lançar echarpes temáticas exclusivas, que fazem excelentes composições com um portfólio de mais de 30 vinhos e espumantes.



São três estampas personalizadas com ícones temáticos. Os lenços, feitos de chiffon, podem ser adquiridos nas lojas física ou virtual da Courmayeur. “Nosso objetivo é oferecer acessórios temáticos ao vinho que fogem do comum. A escolha das echarpes vem ao encontro do nosso perfil feminino”, destaca a nutricionista, sommelier e enóloga responsável da marca, Talita Nicolini Verzeletti. A criação das echarpes surgiu da troca de ideias entre toda equipe feminina que faz parte da vinícola, responsáveis pela escolha dos tecidos, modelos e artes. “Agora, pretendemos incluir lenços para amarrar em bolsas e acessórios, além de cangas de praia. Já estamos trabalhando em diversas ideias”, adianta Talita.

A feminina Courmayeur é assim conhecida por ter em seu time predominância de mulheres. Seja na administração ou no processo de elaboração, seja no enoturismo ou na área comercial, são elas que ditam o ritmo da empresa instalada no interior de Garibaldi, na região do Vale dos Vinhedos. Arrojada e com uma pegada bem descontraída, a vinícola tem foco na elaboração de espumantes, com experiências enoturísticas que carregam nomes mais ousados como Liberdade, Atrevimento e Audácia, características que acompanham as irmãs Talita e Gílian Nicolini Verzeletti, hoje a frente do negócio familiar.

Atualmente, a empresa tem 80% da produção anual de 700 mil litros em espumantes. Os 20% restantes são de vinhos, frisantes e suco de uva. Com experiências dentro e fora da taça, as opções vão além de uma simples visitação. São passeios e degustações como a visita temática à emblemática ‘Cela da Cave’. O espaço conta, ainda, com loja, espaço enogastronômico, jardim La Fermata, bicicletário, área pet friendly e de recreação. Informações e reservas pelo telefone (54) 3463.8517, pelo whatsapp (54) 9 9143.3599 ou pelo e-mail turismo@courmayeur.com.br. Instagram: @lafermata.courmayeur.

Um pouco mais da história

A trajetória da Courmayeur começou a ser elaborada ainda em 1976, em Garibaldi, na Serra Gaúcha, quando um grupo de amigos resolveu criar a vinícola, movidos pelo potencial que a região já apresentava para o cultivo da uva e a produção de vinhos e espumantes. Dez anos mais tarde, o grupo italiano Cinzano adquire a empresa que, em 1987, passa a se chamar Courmayeur, nome de uma comuna italiana localizada no Valle D’Aosta, tradicionalmente conhecida por suas pistas de esqui. A Família Nicolini Verzeletti, que descende de italianos do Vêneto que vieram para o Brasil ainda em 1876, entrou na sociedade em 1990, mas foi em 2003 que, ao adquirir a empresa, assumiu integralmente a gestão da vinícola. O gosto pela cultura do vinho sempre fez parte da família. A especialização em espumantes elaborados pelo método charmat veio em 2008.

Imagens: Divulgação Courmayeur

Comments


bottom of page