top of page
  • Foto do escritorCris Jardim

Viagem enogastronômica pela Ilha da Madeira

Arquipélago português oferece culinária típica e tradicional que transforma qualquer visita em uma experiência única





As refeições são parte importante de qualquer viagem, pois fazem com que os turistas conheçam melhor o destino e a sua cultura. Na Ilha da Madeira, arquipélago português em meio ao Oceano Atlântico, a enogastronomia é um atrativo à parte e sempre encanta os viajantes que buscam por sabores típicos.

O destino conta com um dos vinhos mais famosos do mundo, o vinho Madeira, e a deliciosa culinária é servida em diversos restaurantes da ilha, seja em pequenos empreendimentos familiares ou em elegantes restaurantes de alta gastronomia, que dão um toque moderno à cozinha tradicional.

Para ir ao encontro destes sabores, basta o visitante fazer em passeio pelos vários pontos da ilha e provar suas iguarias. Confira nove destinos e o que provar em cada um deles.

Porto Moniz - arroz de lapas Apesar de popular por toda a ilha, foi na vila de Porto Moniz que o prato tradicional teve origem. Depois de lavadas e escovadas, as lapas são cozidas e servidas com tomate, cebola e salsa picada. O vinho Madeira é adicionado ao cozimento do arroz, conferindo-lhe uma identidade única.

São Vicente - Quinta do Barbusano Situada na costa norte da ilha, nesta vinícola encontram-se vinhas de várias castas. Ainda que a casta mais proeminente seja o Verdelho, base para a produção de vinhos brancos de referência, também são produzidos excelentes tintos e rosés. A Quinta do Barbusano oferece provas de vinho e organiza refeições. Outra atividade que desperta o interesse dos visitantes é a participação na pisa da uva durante as vindimas.

Curral das Freiras - licores Dois licores típicos desta região são destaque: o licor de castanha e a célebre ginja (fruto semelhante à cereja). A ginjinha é uma bebida obtida a partir da fermentação alcóolica da ginja. Os licores de eucalipto e noz também são muito apreciados entre os visitantes.

Câmara de Lobos - espetada, poncha e nikita A espetada é uma especialidade da Madeira e típica da Câmara de Lobos. A simplicidade do tempero e o preparo fácil tornam este prato muito popular. Consiste em pequenos cubos de carne de vaca, temperados com folhas de louro, sal e alho, distribuídos em um espeto e grelhados na brasa. O prato acompanha bolo de caco, batata frita, milho frito e salada. A poncha é uma das bebidas mais típicas da Madeira, feita com aguardente de cana, mel de abelhas, suco de limão e laranja. Já na poncha à pescador, o mel é substituído pelo açúcar. Quem preferir algo mais suave pode experimentar os sabores de tangerina, maracujá, hortelã, kiwi ou morango. A nikita é uma mistura cremosa e gelada de rodelas de abacaxi, cerveja e vinho branco.

Funchal - vinho Madeira, frutas e bolo de mel A Madeira Wine Company - Blandy's Wine Lodge, instalada no antigo Convento de São Francisco do século 17, possui as mais antigas adegas de vinho Madeira do mundo. A visita ao local compreende uma passagem pelas salas de prova, armazéns, áreas de exposição e loja de conveniência. Já no Mercado dos Lavradores encontram-se as frutas tropicais do arquipélago, sempre frescas e deliciosas. As mais populares são o tabaibo (figo-da-Índia), a pera-abacate, o maracujá banana, o tomate inglês e a fruta-do-conde. O aroma do interior do mercado é inconfundível tal a variedade de legumes, frutas, peixes, mariscos e até flores exóticas. Com mais de 120 anos de tradição, a Fábrica Santo António dedica-se à doçaria tradicional madeirense. Esta é uma das mais antigas fábricas artesanais da ilha de onde saem diariamente fornadas de bolos de mel, bolachas, broas e compotas.

Porto da Cruz - rum O rum da Madeira, também conhecido como aguardente de cana ou aguardente de cana sacarina, é resultado da fermentação alcoólica e destilação do suco da cana-de-açúcar. Sua produção natural faz parte das tradições da ilha há várias gerações e é uma especialidade de Porto da Cruz. O rum é a base da famosa receita de poncha da Madeira.

Machico - bife de atum O prato é bem típico por toda ilha, mas em Machico conquista os apreciadores da boa gastronomia. O atum é cortado em bifes, temperado com sal e marinado com vinagre, azeite, alho, orégano e pimenta, criando o famoso molho vilão. Para acompanhar, basta cozinhar farinha de milho em azeite, misturar alho, segurelha (especiaria), couve picada e, depois, cortar em cubos e fritar para dourar.

Caniçal - lapas grelhadas, castanhetas e caramujos As lapas são uma típica entrada da Madeira. Servidas quentes, as lapas são colocadas na frigideira de ferro com a concha para baixo e temperadas com manteiga, alho e sal. Depois de prontas, são regadas com limão. As lapas são comuns na região, encontradas em cavidades rochosas e poças. A castanheta é um peixe em abundância na orla da ilha, temperada com sal e frita em óleo fica excelente com limão. Os caramujos são muito comuns de serem servidos como entrada. Cozido em água com alho e sal, basta adicionar limão e deliciar-se com a iguaria.

Porto Santo - bolo do caco Sua origem vem da colonização do Porto Santo, a partir de 1425. A receita era simples e o pão de aspecto achatado era cozido num caco de basalto colocado diretamente nas brasas quentes. Geralmente servido com manteiga e alho, é ideal também com uma fatia de carne com salada, ovo, queijo e presunto. Vai bem ainda com um filete de peixe-espada, polvo guisado em tomate e cebola ou língua estufada. Sobre a Ilha da Madeira Considerado o melhor destino insular do mundo, a Madeira é um pequeno paraíso português situado em meio à imensidão do Oceano Atlântico. De origem vulcânica, sua localização privilegiada proporciona clima ameno e mar com temperatura agradável o ano inteiro, além de impressionantes cenários de montanhas, vales e penhascos, todos cobertos pela exuberante vegetação Laurissilva, nomeada Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco. O arquipélago é formado por um conjunto de ilhas, sendo Madeira e Porto Santo as principais e únicas habitadas. Há excelentes opções em balneários, monumentos históricos e ótimos hotéis e restaurantes, onde se pode provar a deliciosa gastronomia e os premiados vinhos madeirenses. Para mais informações acesse www.madeiraallyear.com.


Fotos: divulgação

Comments


bottom of page