top of page
  • Foto do escritorCris Jardim

Rumo ao Hexa! Érika Líbero sugere vinhos e carnes para torcer pela seleção

O Brasil entra em campo na sexta-feira, 9 de dezembro, ao meio-dia para o Mata-Mata das Quartas de Finais.

Será um Sextou perfeito para celebrar e torcer na vibração da torcida canarinho em clima de Hexa.

Brasileiro é apaixonado por futebol e também por Churrasco e a Sommelière Érika Líbero sugere vinhos que harmonizam com carnes que fazem sucesso em churrascos.

Érika Líbero explica: "As carnes são alimentos que combinam muito bem com vinhos, mas é importante considerar que cada corte tem suas características particulares de gostos e texturas, o que também pede vinhos com características específicas para que se harmonizem entre si."

Seleção campeã de carnes e vinhos:

Picanha e Cabernet Sauvignon Tinto:

A Picanha é um corte nobre com uma espessa camada de gordura e muita suculência. Os vinhos recomendados são ricos em taninos e acidez, como o Cabernet Sauvignon tinto.

Filet Mignon e Pinot Noir:

O Filé Mignon é um corte magro, com pouca gordura. Vinhos menos tânicos são mais recomendados, como um tinto de Pinot Noir.

Contrafilé e Syrah:

O Contrafilé possui uma gordura marmorizada e entremeada na carne. O Syrah é um vinho tinto mais encorpado e tem a dose de acidez e taninos que combinam bem com esse corte.

Costela e Tannat:

A Costela é uma carne muito gordurosa. A gordura no prato exige muita acidez do vinho. Um vinho tinto feito com a Tannat tem acidez e corpo necessário para equilibrar com a gordura da costela.

Alcatra e Cabernet Franc:

A Alcatra é uma carne mais magra, mas pode ser bastante suculenta, dependendo da forma do preparo. Vinhos tintos de corpo médio e com acidez moderada são excelentes opções, como um Cabernet Franc.

Costelinha Suína e Pinotage:

A Costelinha suína é uma carne macia e gordurosa. Vinhos com boa acidez e taninos finos como um Pinotage sul-africano harmonizam muito bem.

Legumes grelhados e Espumante Sur-Lie:

Os legumes grelhados já fazem parte de muitos churrascos. Um Espumante estilo Brut Sur-Lie (engarrafados com a levedura) fica excelente com os legumes. Há muitas opções desse tipo de espumante feito por produtores brasileiros.

Vinhos e churrasco combinam?

Sim. Vinhos são ótimos para acompanhar um churrasco, mesmo com cortes diferentes. Nesse caso, vinhos mais versáteis são os mais indicados. Entre os tintos, um Malbec ou um Merlot jovem de corpo médio fará um bom acompanhamento no churrasco do início ao fim.

Se o clima estiver quente, um espumante brut feito pelo método tradicional tem estrutura para acompanhar tanto as carnes quanto os acompanhamentos.

Tin-tin! E que venha o Hexa!

Sobre Érika Líbero

Érika Líbero é paulistana, Sommelière de vinhos formada pelo SENAC-RJ e ganhadora do Talentos Senac 2015 no RJ. Em 2019 criou seu primeiro curso “Vinho : O Básico” e em seguida lançou seu segundo curso sobre as regiões do vinho e seu terceiro curso sobre harmonização de vinhos, ministrando aulas para mais de 200 alunos até hoje.

Em 2021 se tornou Sommelière do Bardega, um dos mais conceituados Wine Bar de Sao Paulo. Erika ministra cursos, palestras em todos os locais e produz conteúdo em suas redes sociais @erika.libero

Foto: divulgação

Comments


bottom of page