top of page
  • Foto do escritorCris Jardim

Mistral realiza jantar harmonizado de Château Marjosse, com presença dos proprietários da vinícola,

Novidade no portfólio da importadora, o Château Marjosse é residência e projeto pessoal de Lurton, responsável por outros dois ícones de Bordeaux: Château Cheval Blanc e Château d’Yquem


Evento para público apresenta rótulos de excepcional qualidade e produção limitada

Pierre Lurton e a brasileira Alexandra Forbes comandam o Château Marjosse

A Mistral realiza um jantar harmonizado com vinhos do Château Marjosse, novidade no portfólio da importadora, no dia 30 de novembro, quarta-feira, às 20h30, no restaurante Piselli (R$ 790 por pessoa). Ciro Lilla, presidente da Mistral, recebe para o evento para público Pierre Lurton – responsável por dois dos maiores ícones do mundo do vinho, o Château Cheval Blanc e o Château d’Yquem – e sua mulher, a jornalista brasileira Alexandre Forbes, com quem divide o comando de Marjosse.

Lurton arrendou os vinhedos de Marjosse em 1990 e, após comprovar que esta pequena parcela situada a 10 km de Saint Émilion tinha o potencial para produzir vinhos capazes de rivalizar em qualidade com os melhores crus classés, acabou comprando a toda a propriedade. O Château passou por uma renovação completa e Jean-Marc Domme (ex-Château Barde-Haut e Clos L’Eglise) foi convidado para assumir os postos de enólogo e diretor técnico em 2018.

Os vinhedos são cuidados manualmente e de maneira sustentável. Contam com vinhas antigas, algumas com quase 100 anos de idade, que dão origem a vinhos de excepcional qualidade – que têm evoluído mais a cada safra – e de produção bastante limitada. Para a La Revue du Vin de France, os vinhos das últimas três safras expressam finesse e elegância, tanto que o guia concedeu ao Château Marjosse a sua concorrida Étoile.

O Château Marjosse tinto é um dos melhores achados de Bordeaux, com qualidade muito superior ao que seu preço sugere. Fresco e aromático, o Château Marjosse branco é “fantástico” para Antonio Galloni, que concedeu 90 pontos para a safra de 2021. A Cuvée Palombe foi indicada como um dos 10 melhores vinhos brancos de Bordeaux pelo jornal Le Figaro. A linha Anthologie de Marjosse traz cuvées de pequena produção, com três brancos e cinco tintos muito especiais, incluindo três grandes Merlots que demonstram a capacidade do terroir para produzir vinhos muito diferentes entre si a partir de parcelas distantes apenas 100 metros uma das outras.

No jantar serão degustados os seguintes vinhos Château Marjosse:

· Château Marjosse Blanc Bordeaux AOC 2021

· Château Marjosse Rouge Bordeaux AOC 2020

· Anthologie de Marjosse Cuvée Palombe Bordeaux AOC 2019

· Anthologie de Marjosse Cuvée Canton du Loup Bordeaux AOC 2018

· Anthologie de Marjosse Cuvée Hirondelle 2020

· Anthologie de Marjosse Cuvée Ortolan 2019

Acompanhando os vinhos, um menu será preparado especialmente para a noite, que inclui os seguintes pratos:

- Carne de vitela e creme de atum com alcaparras.

- Ravioles recheados com carne de cordeiro, molho do assado e pesto de menta

- Pato confitado, servido sobre molho de framboesa, e nhoque na manteiga e sálvia

- Queijos Taleggio e Marcelin, servidos com mel trufado e geleia de laranja

- Semifreddo de amaretto com creme inglês de café

Para mais informações sobre os vinhos Château Marjosse, consulte o site da Mistral: www.mistral.com.br/produtor/chateau-marjosse.

Vinhas antigas dão origem a rótulos de excepcional qualidade e produção limitada


Fotos: divulgação

Comments


bottom of page