• Cris Jardim

Dolce Day - Vinho, boa gastronomia e Jazz fizeram uma noite perfeita

Trouxe noites com degustação de 60 rótulos de vinhos e coquetel volante à vontade, com show ao vivo de Jazz.


A Dolce Far Niente, restaurante e pizzaria italiano da chef Lídia Nasser, promoveu em suas duas unidades, o Dolce Day, noite com degustação de vinhos e menu italiano à vontade, a R$ 100 por pessoa. Em Águas Claras, o evento ocorreu no dia 30 de julho e na 215 Sul, em 27 de agosto, das 20h à 0h nos dois endereços.



Dolce Far Niente - Divulgação

A festa contou com coquetel volante à vontade, composto por mesa de frios, focaccia, bruschettas, risotos (caprese, filé ao funghi e camarão) e minipizzas salgadas e doces. De sobremesa, Tiramisù e bombons de chocolate. Também servidos cerca de 60 rótulos de vinhos de nove países - Brasil, Argentina, Chile, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Itália, França e Austrália - selecionados pelo sommelier Marcos Rochelle, da Videira Vinhos. Entre as novidades, os tintos italiano Lunatico Salice Salentino, chileno Laura Hartwig, e o argentino Gaia de Domaine Bousquet. Além disso, água e refrigerante estarão disponíveis no jantar.



Espaço interno - Foto Divulgação

O espaço foi reconfigurado e recebeu mesas altas, tipo lounge, sem cadeiras, para as pessoas circularem na festa, criando um ambiente mais festivo e descontraído, mas com toda elegância de sempre, uma das marcas registradas da Dolce Far Niente.


Tico de Moraes - Foto de divulgação

A noite foi animada por show ao vivo do Memorial Jazz Trio, que convidou o saxofonista Dirceu Decknes e o cantor Tico de Moraes para abrilhantarem a noite. Com muita elegância e sofisticação, Serge Frasunkiewicz (piano), Jhoninha Medeiros (contrabaixo acústico) e André Braz (bateria) tocarão o melhor do samba, Bossa Nova e jazz. A apresentação será dividida em duas partes. Na primeira, somente música instrumental. No repertório, estão pérolas como Fly Me To The Moon, de Bart Howard; Footprints, de Wayne Shorter; Summertime, de George Gershwin; Hit The Road Jack, de Ray Charles; e Equinox, de John Coltrane. A segunda será incrementada pela voz potente de Tico de Moraes.

Memorial Jazz Trio - Foto de divulgação

Os convites para o evento estavam inclusos comidas, bebidas, taxa de serviço e couvert artístico. As vagas são limitadas. Já aguardamos ansiosos pela próxima edição. O evento foi sensacional e já deixou saudades!


Fonte: assessoria Naiobe Quelem Comunicação Integrada