top of page
  • Foto do escritorCris Jardim

Chuva e frio levam os brasilienses a procurarem opções de pratos quentes

Berg, chef e sócio do Açougue do Berg, dá dicas para se manter aquecido em meio ao verão chuvoso de Brasília

Risoto de Camarão com Água de Coco, servido no Coco Verde

Em meio a um verão surpreendentemente chuvoso e frio, o renomado chef Berg, sócio do Açougue do Berg, apresenta sugestões irresistíveis de pratos quentes para aquecer os dias. Com uma variedade que agrada a todos os paladares, o chef destaca opções que vão desde alternativas veganas até deliciosos risotos e massas para satisfazer os apreciadores da culinária mais tradicional.

Entre as sugestões do chef, destacam-se o "Macarrão de Pupunha", uma opção leve e saborosa para os adeptos da dieta sem carne. Para os amantes de cogumelos, o "Risoto de Cogumelos" promete conquistar os paladares mais exigentes. Já os carnívoros podem se deliciar com o "Risoto de Filé com Funghi", uma combinação de sabores que promete surpreender.


Um toque tropical é adicionado ao cardápio com o "Risoto de Camarão com Água de Coco, servido no Coco Verde". Uma opção exótica e refrescante que transporta os clientes para um ambiente de praia, mesmo diante do clima inusitadamente frio.

Berg, conhecido por sua paixão pela gastronomia, ressalta a importância de harmonizar esses pratos quentes com vinhos tintos cuidadosamente selecionados. Entre suas recomendações, destaca o "Camporsino Chianti DOCG", perfeito para acompanhar o molho sugo e o Risoto de Filé com Funghi, proporcionando uma experiência gastronômica única.


Para os pratos à base de cogumelos e pupunha, Berg sugere um elegante "Pinot Noir", cujas notas frutadas e delicadas complementam perfeitamente essas opções. E para o Risoto de Camarão com Água de Coco, o chef aconselha um "Sauvignon Blanc", ressaltando que a acidez dessa variedade de vinho contrasta de maneira ideal com a suculência do camarão e a doçura da água de coco.


“No Açougue do Berg, a proposta é transcender as estações, oferecendo aos clientes uma experiência gastronômica única, mesmo nos dias mais frios do verão”, destaca Berg. Ele convida a todos a experimentarem essas sugestões que prometem aquecer os corações e paladares nesse verão atípico.



Sobre o Açougue do Berg – Funcionando de terça a domingo, num espaço arejado e de muito bom gosto, o Açougue do Berg tem capacidade para 700 pessoas. Oferece cortes especiais, carnes Dry Aged, cortes Wagyu, linguiças artesanais de entrada, sobremesas exclusivas (como a panqueca com preparo super instagramável, que vem acompanhada de gelato artesanal com sabor exclusivo da casa), além de temperos diferenciados, facas e tábuas de primeira linha, que podem ser encontrados na boutique instalada dentro do restaurante. 


A casa dispõe ainda de brinquedoteca, fumódromo, espaços para eventos e amplo estacionamento. As bebidas também são um show à parte, com destaque para os drinks autorais, os vários tipos de cerveja, chopp geladíssimo e mais de 150 rótulos de vinhos.


Fotos: divulgação

Comments


bottom of page