• Cris Jardim

Abrasel-DF busca flexibilizar restrições para setor de bares e restaurantes

Junto ao governo, associação reivindica diminuição do distanciamento das mesas e liberação de horário de funcionamento normal

Em meio ao cenário controlado da pandemia do Covid-19, a Abrasel-DF está buscando, junto ao governo, flexibilizar as restrições para o setor de bares e restaurantes. A luta agora é para diminuir o distanciamento das mesas e para liberar o horário de funcionamento normal. Segundo o Presidente da Abrasel-DF Beto Pinheiro, “o avanço da vacinação permite a flexibilização. Os leitos de UTI estão com taxas baixas e tem havido constante redução no número de internações e mortes no DF. Por isso, acreditamos que o momento é ideal para pedir as mudanças”, explica.

Entre os argumentos da entidade, estão a taxa de proliferação de casos abaixo de 1,00, além da queda do número de internações e mortes no Distrito Federal. “Temos mantido as taxas de internação abaixo de 40% e, com o avanço da vacina, já temos quase 80% da população acima do 12 anos vacinada com pelo menos uma dose”, diz Beto.

Além disso, a Abrasel-DF entende que muitos estabelecimentos que funcionam somente de noite dependem do horário cheio para conseguir se manter. “Os que ainda sobreviveram há 18 meses com restrição parcial ou total necessitam voltar ao normal”, explica o presidente da associação.

Por fim, o fim do auxílio emergencial trouxe dificuldades para os empresários: “muitos tiveram que demitir, gerando um alto desemprego no DF. Além disso, com o horário reduzido, as equipes também ficaram menores, contribuindo também para a alta taxa de desemprego”, conclui.


Serviço:

Abrasel-DF

@abrasel_df


Fotos: divulgação da assessoria de imprensa.